quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Você em mim

-


Agarrar. Me agarre, me tire do chão com seus braços fortes. Me tire o ar com beijos molhados e sedutores, não tente me atropelar, não tente me contorcer, só dance comigo. Dançar. Dance comigo, tire meu ar, meu chão, meu controle, tire a gravidade, me conceda o prazer de poder sonhar, vibrar, delirar. Permitir. Permita a intimidade de pernas, pelos, cabelos, suor. Permita a imprudência de tapas, beijos, mordidas. Testar. Teste o meu equilíbrio, nossa sincronia, nosso desejo, nossa liberdade. Você é minha droga, minha cocaína, você sabe como e por onde me fazer enlouquecer, me tire do chão, me faça subir nas nuvens ou pelas paredes. Sentir. Sinto que posso confiar em você. Então me entrego, deixo sua curiosidade aflorar e deixo você me explorar, me observar, me encantar, me dominar. DominarDomine meu corpo como se fosse teu, me faça dançar a tua melodia, a sua canção, quero te acompanhar. Me domine em casa, no quarto, na sala, na cozida, na mesa, na cadeira, na banheira, no chão, no banheiro, no carro. Gozar. Faça-me gozar, faça-me tua com prazer e tesão, derreta-me, seduza-me, faça-me tremer, fala-me gritar seu nome, faça-me te arranhar de prazer. Observar. Observe-me tremer de prazer, observe-me gozar, observe-me flutuar, observe me abrir pra você entrar, observe-me arquear em seus braços, observe meus suspiros e sussurros. Consumir. Consuma-me. Puxe meus cabelos negros, puxe meu corpo inteiro. Amar. Me ame como nunca amou alguém, me beije, me abrace, me acolha em teus braços, me balance, me observe e me ame. Me ame com beijos, abraços, olhares, toques, sentidos, carinhos, suspiros e sussurros. Me ame, pois sou sua. 

Sua... 



terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Tons de verde


Anteontem tomávamos banho de rio pelados e bebíamos da água era pura e brilhosa,
Ontem a água passou a ficar mais suja, mas ainda dá para se banhar,
Hoje a água dá para molhar as plantas e dar banho nos animais,
Amanhã será óleo fluvial.

I won't give up


Quando olho em seus olhos
É como observar o céu de noite
Ou um belo amanhecer
Eles carregam tanta coisa
E como as estrelas antigas
Vejo que você evoluiu muito
Para estar bem aonde está
Qual a idade da sua alma?
Não desistirei de nós
Ainda que os céus fiquem violentos
Estou lhe dando todo meu amor
Ainda olho para cima
E quando precisar de seu espaço
Para navegar um pouco
Esperarei pacientemente
Para ver o que você descobrirá
Porque até as estrelas queimam
Algumas também caem sobre a terra
Temos muito a aprender
Deus sabe que somos dignos
Não, eu não desistirei
Não quero ser alguém que vai embora facilmente
Estou aqui para ficar e fazer a diferença que posso fazer
Nossas diferenças, elas fazem muito nos ensinando a usar
As ferramentas e os dons que temos, sim, há muito em jogo
E no fim, você ainda é minha amiga,
Pelo menos não tivemos a intenção
Para funcionarmos, não quebramos, não queimamos
Tivemos de aprender a ceder sem ceder à pressão do mundo
Tive que aprender o que tenho e o que não sou
E quem sou
Não desistirei de nós
Mesmo se os céus ficarem violentos
Estou te dando todo meu amor
Ainda olho para cima
Ainda olho para cima
Não desistirei de nós
Deus sabe que sou forte, ele sabe
Temos muito a aprender
Deus sabe que somos dignos
Não desistirei de nós
Mesmo que os céus fiquem violentos
Estou lhe dando todo meu amor
Ainda olho para cima

Link: http://www.vagalume.com.br/jason-mraz/i-wont-give-up-traducao.html#ixzz2EkGU5HIg

Skinny Love



Vamos, amor frágil, apenas dure o ano
Coloque um pouco de sal, nós nunca estivemos aqui
Meu, meu, meu, meu, meu, meu
Encarando a poça de sangue e aparência esmigalhada
Eu digo ao meu amor para destruir tudo,
Cortar todas as cordas e me deixar cair
Meu, meu, meu, meu, meu, meu
Bem no momento em que essa tarefa é quase impossível
Eu te disse para ser paciente
Eu te disse para ficar bem
Eu te disse para ser equilibrado
Eu te disse para ser gentil
De manhã estarei com você
Mas será de um jeito diferente
Porque eu estarei segurando todas as multas
E você estará assumindo todas as contas
Vamos, amor magrinho, o que aconteceu aqui?
Amamente-se da esperança em peitos magros
Meu, meu, meu, meu, meu, meu
A carga de amargura está completa; então vá devagar na separação
Eu te disse para ser paciente
Eu te disse para ficar bem
Eu te disse para ser equilibrado
Eu te disse para ser gentil
Agora todo o seu amor foi desperdiçado?
Então quem diabos fui eu?
Agora estou rompendo nas pontes
E no fim de todos os seus versos
Quem vai te amar?
Quem vai lutar?
Quem vai ficar bem para trás?
Vamos, amor magrinho...
Meu, meu, meu, meu, meu, meu, meu, meu
Meu, meu, meu, meu, meu, meu, meu, meu

Eu!?


Eu não consigo ser igual a todas, não consigo me vestir certo, não consigo pranchar ou pentear o cabelo, não uso muita maquiagem, não consigo fazer aquelas poses em fotos, não sei me comportar naturalmente na frente de pessoas que não gostam de mim, não sei puxar o saco, não consigo dar atenção á duas pessoas ao mesmo tempo, não sei gostar de Restart e nem de coisas muito coloridas, mas gosto do a
rco-iris. Eu não sei ser dona de casa ainda, mas eu gosto de fingir que eu sou, eu sou caseira, aventureira e ciumenta nas coisas e pessoas que gosto, nunca me verá em festas que vendem cerveja por R$1 real, nem em festas que tenha Fest no final (Muquifest, Salvadorfest, e etc), não sei usar saia curta, nem ir a lugares que as garotas se comportam como bonecas, eu não sou uma boneca, ah, eu não sei usar salto alto.
Mas eu adoro sorvete, ursinhos, abraços, adoro sorrisos, pessoas legais e leais, adoro verde, natureza, andar a cavalo, me vestir como eu gosto, de gravata, de short e calça folgada, e camisetas também. Adoro pandas, lobos, leões, libélulas e tenho pavor de abelhas.
Eu sou uma menina, garota e ás vezes dou sinal de mulher madura também. Mas eu adoro ser assim, é isso que faz meus amigos estarem comigo, meu namorado estar comigo, minha família estar comigo, e quem não está... por mim !

Beijos, boa noite!

sábado, 1 de dezembro de 2012

:*


Ontem e hoje foi um dia mui mui mui bom, creio eu .

o/

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Necessidades


Necessidade de dar aquela gargalhada que dói ao sair do peito, que vibra todos os seus músculos, que sufoca a sua garganta e você até para de respirar por alguns segundos pensando que vai morrer.
Necessidade de expressar carinho, de compreender e entender todos os medos e devaneios, de explicar e declarar todas as felicidades caladas e todos os tropeços dados pelo caminho.
Necessidade de amar sem medidas, sem tropeços, sem sorteios, de coração aberto e sem ou com frescuras passageiras, sem medo, sem desvontade, sem prisão.
Necessidade de voar o mais alto que der, de ser livre e conquistar todos os sonhos desejados.


São minhas necessidades.

Será que você ainda pensa em mim?


A distancia pode causar saudade, mas não o esquecimento!

Estamos em sintonia


É difícil encontrar alguém que tenha a mesma sintonia que você. Que no mesmo instante de pensamento, seja um pouco você. É diferente, é esquisito. Mas ao mesmo tempo é belo, sublime.
Não se contenha, não queria parar.Corra, grite, liberte-se. Sentimento, sintonia é isso.
É liberdade, igualdade e fraternidade.

Solidão


Meu quarto será tão sombrio sem a sua voz pra me mimar,
Sua voz virou música para os meus ouvidos
Seu toque é pra mim um furação e uma seda, quando passa pelo meu corpo
Seu cheiro me domina, me envolve, me seduz, me embriaga,
Seu amor é perfeito, feito poesia para mim, como se eu só existisse pra encontrar você
Seu corpo é o encaixe perfeito com o meu, feito poesia.


Solidão
O silencio das estrelas 
A ilusão
Eu pensei que tinha o mundo em minhas mãos

Longe de mim




Você estará muito longe de mim,
E temos tanta coisa pra descobrirmos agora.

O meu quarto não terá mais a sua presença

As paisagens só vão lembrar você
Cada passo que eu der, 
Terá os teus passos, 
E a cada música que eu ouvir, 
Vou lembrar de nós dois
Você vai estar muito longe
E eu não quero pensar nisso.
E faremos planos, 
Mas nossos planos serão para um futuro distante.
Minha saudade será sua, como também o meu amor e minha solidão,
A cada passo que se dá, você fica mais perto e mais longe de mim,
Longe de mim você esteve ontem, está hoje e estará amanha. 

sábado, 27 de outubro de 2012

Life


Escrever aqui é algo que até me faz um pouco de falta, mas não é essencial pra mim. Minha vida está tão louca que eu nem ao menos sei o que é essencial de verdade, entretanto, nem estou me preocupando com isso, estou apenas vivendo. Estou ouvindo OneRepubliC e quem me conhece deve saber que quando escuto é porque as coisas não estão bem, mas o que pode se fazer, certo? Dias ruins todo mundo tem, mas uma semana ruim ninguém aguenta, certo? Muitas coisas mudaram, muitas pessoas entraram na minha vida e muitas saíram tão rápido que eu ainda nem me acostumei direito. Entretanto, eu consigo me levantar da cama (as vezes, rs), consigo ser feliz e rir abusivamente de coisas idiotas, eu consigo e sempre irei conseguir.  Por que eu sempre ouço OneRepubliC? Eu conheci esta banda num momento muito bom da minha vida, quando as coisas eram ainda mais divertidas. É como um Deja Vù, conhece?

"Déjà vu ou Déjà vi uma reação psicológica fazendo com que sejam transmitidas ideias de que já esteve naquele lugar antes, já se viu aquelas pessoas, ou outro elemento externo. O termo é uma expressão da língua francesa que significa, literalmente, já visto" - Wikipedia, fonte não confiável hihihihi  

Entretanto, gosto de minha nova vida, novos amigos, novos objetivos, novas esperanças e novos medos. 
A vida é isso, transformação! 
Claro, sinto imensa saudade de tudo do passado, poderia revivê-lo em algumas situações, mas cansei, então deixa-mo-los no passado o tal passado!
É isso, e tem mais OneRepubliC é incrivel!


Beijo e até ;)

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

CHERRY BOMB - CHERRY BOMB - CHERRY BOMB - CHERRY BOMB - THE RUNAWAYS

Can't stay at home, can't stay at school
Old folks say, ya poor little fool
Down the street I'm the girl next door
I'm the fox you've been waiting for
Hello Daddy, hello Mom
I'm your ch ch ch ch ch cherry bomb
Hello world I'm your wild girl
I'm your ch ch ch ch ch cherry bomb
Stone age love and strange sounds too
Come on baby let me get to you
Bad nights cause'n teenage blues
Get down ladies you've got nothing to lose
Hello Daddy, hello Mom
I'm your ch ch ch ch ch cherry bomb
Hello world I'm your wild girl
I'm your ch ch ch ch ch cherry bomb
Hey street boy whats your style
Your dead end dreams don't make you smile
I'll give ya something to live for
Have ya, grab ya til your sore
Hello Daddy, hello Mom
I'm your ch ch ch ch ch cherry bomb
Hello world I'm your wild girl
I'm your ch ch ch ch ch cherry bomb

domingo, 2 de setembro de 2012

Insônia

Odeio os meus pensamentos, 
eles sempre se lembram daquilo que eu quero esquecer 
e depois vem os sonhos e pesadelos 
sempre me acordam com aquilo que não quero lembrar
o rádio toca a música
e ele nem me pergunta se eu quero as escutar
o mundo está começando a se encaixar
mas depois ele vira do avesso de novo
e de novo
e de novo
e quando vê, já foi.
começa tudo outra vez!





sábado, 21 de julho de 2012

Diga

Você diz que ama a chuva, mas abre seu guarda-chuva quando chove.
Você diz que ama ser independente, mas corre pros braços de sua mãe.
Você diz que ama o sol, mas procura a sombra quando ele brilha.
Você diz que ama o leão, mas não vai ver ele no zoológico.
Você diz que ama um perfume, mas só o usa quando vai sair.
Você diz que é ...


Foda-se, cansei de pensar!

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Conhecimento



Será que as pessoas mais obvias, me conhecem? Minha mãe, meu pai, meus irmãos ou minha melhor amiga? E só então que eu olho ao redor e tenho a sensação de estar sendo notada ou observada por uma pessoa que me conhece em seis meses e já sabe tudo sobre mim. Sabe tudinho e até mais que eu própria. Tipo O ESCOLHIDO, sabe?
Eu tinha medo das pessoas me conhecerem, mas acabei percebendo que é a melhor coisa do mundo. Só as vezes, porque tem dias que eu quero disfarçar, parecer menos triste, menos chateada ou até mesmo menos de TPM e não consigo porque esta pessoa já sabe o que eu tenho. É incrível sua forma de me ler, apesar de'u ser discreta.   - E eu sou discreta sim, viu? - É bom saber que tenho você e que você consegue me entender e decifrar, até por telefone. Saiba que eu adoro isso.

 - eu nem sei mais o que escrever - 



Mas quero que você saiba que é amor, eu sinto amor, e eu sinto que você me sente, eu sinto que te conheço e eu sinto que você me conhece e é maravilhoso. Obrigada por me encontrar, por querer me conhecer, por que eu entendo tudo me ligou a você e nós só estamos começando a nos conhecer!


Rodrigo Perez me conhece muito bem e tenho certeza que seremos conhecedores de todas as nossas manias e maluquices!

amo RP  ♥

domingo, 15 de julho de 2012

Só Pra Contrariar-me

Saudade

Se você tivesse aqui, almoçariamos juntos, passearíamos por ai sem hora pra voltar, sem nada pra se preocupar, só nós dois vendo o mundo juntos, o mundo seria nosso, podemos ir pra onde quisermos. Tudo que eu faria seria pra arrancar um sorriso seu, porque você fica linda sorrindo, você sabe disso. Você ia fazer cara de criança alegre e curiosa, ia soltar os cabelos e eu iria bagunçar ele todo, eu ia te agarrar e dá vários beijos do nada, te surpreendendo toda hora, você ia ficar sem folego as vezes, quando a gente parasse por muito tempo, eu iria te agarrar, ia te levantar e você ia ficar besta no ar, eu ia te girar, como eu gosto de fazer. Eu te amo e por isso que te amo porque faço o que gosto e você gosta do que eu faço e eu posso me divertir com tudo. Posso fazer o que eu quiser com você e você vai pedir mais, igual a uma criança que não sabe a hora de parar de brincar e você quer brincar mais, eu posso estar morrendo mas tenho que parecer que estou bem porque te ver sorrir e brincando é o que me mantem feliz, é isso que eu amo, foi isso que me fez ser tão apaixonado, é isso que eu quero pra minha vida. É chegar em casa e girar com você, ver o mundo girar ao nosso redor porque tudo gira e a gente na verdade, está parado se amando e o mundo não sabe acompanhar isso, o mundo é fraco pra nós dois, ele não aguenta uma simples brincadeira de girar, e você vai estar rindo, mostrando todos esses dentes super bem escovados e eu sei que falta um, mas você é feliz mesmo assim. E vamos ter uma mega cama, vamos pular nela, vamos morar nela, porque somos camamensses e tudo de bom pode ser feito na cama, carinho, carinho, carinho. E você rindo e chorando, toda besta e do nada vamos parar e olhar bem fundo nos olhos um do outro e tudo vai parar, porque estaremos pensando no que estamos fazendo e no porque de estar ali, porque estamos tão felizes, porque esse amor todo, como surgiu isso, como paramos ali e você vai rir muito e gritar e gritar e pedindo para eu parar e sua risada vai ser ouvida no fim da rua e você vai chorar de novo de tanta alegria. Você nem imagina como você poderia ficar tão feliz, então eu vou te abraçar , colocar sua cabeça no meu ombro , alisar seu cabelo, então você vai começar a soluçar, vamos chorar juntos e vou falar bem baixinho no seu ouvido " não chora mais meu amor, não vou ficar mais longe de você, estou do seu lado, esqueça o que passou, porque agora temos tudo, eu tenho você e você me tem, não chora amor", então você vai parar de chorar aos poucos, vai parando e me apertando mais e eu vou virar seu rosto pra mim, limpar seu rosto, tirar seus catarros horríveis e talvez te beijar, não sei não, eu tiro o lençol e esfrego na sua cara e então te beijo, eu acho. Se sua cara tiver ruim, beijo o seu pescoço, puxando o seu cabelo com carinho, e quando eu olhar pra você por muito tempo, você chorará de novo e eu estou te olhando agora, besta!

Esse é a primeira postagem de Rodrigo para Laís Cristine ;)

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Salvação

Não posso me salvar, não dá. Eu perdi tanta coisa desde o inicio, do principio. Minha alma vaga sem rumo a procura de abrigo e eu nunca acho o meu abrigo. Não sei qual é o meu principio nesse mundo, porque as pessoas esperam coisas e pessoas, eu não sei o que fazer da minha vida. Estou triste mas não posso chorar, estou com frio e preciso de carinho e calor. O que eu posso dizer? O sentimento que mais tenho dentro de mim é saudade. Saudade das pessoas, dos bons momentos, da minha vida, da alegria, da despreocupação. 
Meu coração está perdido, mas ele sabe voltar ao normal, todos sabem. Eu só quero sentir menos saudade, menos medo e mais certeza das coisas. Estou desgastada. Cansada. Triste. Preciso de apoio também. Preciso de tanta coisa que não tenho mais. Foda. Mas vai passar, porque tudo passa, inclusive isso. É porque eu só queria uma vida normal, adoro normalidade, cotidiano. Mas eu escolhi isso também. Eu só queria que essa dor de cabeça parasse e nós pudéssemos ficar bem e sem tristeza.


Eu queria que Deus me ajudasse, ou Buda, ou Qualquer coisa santa e divina. Help-me, Please!
Eu quero que seja para sempre, eterno esse amor. Já que a amizade não foi. 

Amém :)

quinta-feira, 21 de junho de 2012

=D

Minha vida mudou drasticamente esse ano, ganhei e perdi tanta coisa. 

terça-feira, 8 de maio de 2012

Página 25

"Ame-me bem devagar
Como compasso dessa canção
Como cartas escritas à luz de vela
Como quem dança desajeitado com medo de errar

Cante uma canção ao anoitecer
Para que eu possa acordar do dia
Porque à noite, eu não quero sonhar

Sonhos ruins eu tenho, quando não estou com você
Sei que você também amarga uma vida ingrata sem mim

Mas cante a música que quiser
Hoje serei o seu par

Dance, dance, dance sem parar
A noite inteira, a vida toda
Ao fim, eu juro que vou encontrar uma saída
Enquanto isso, divirta-se
Cante-me uma canção
E conceda sua mão para uma dança lenta"

Manual de Sobrevivência para Suicidas - Nick Farewell
25 p.

Rodrigo Perez,
TE AMO ♥

Minha alma pede chuva

A chuva cai lá fora e eu sinto frio aqui dentro, os pingos invadem meu território e eu não me importo, eu até gosto, eu me alimento. Eu não vejo a hora de molhar o meu pensamento e não, não me importa, eu só quero me molhar sem demora na chuva que cai lá fora. Minha alma gritou e eu não entendi, estranho entender a alma se eu ainda não me entendi. Banho de mar, de chuva de tempestade a minha alma quer... mas eu não sei se cabe a ela ou eu decidir. Pulei da cachoeira e vi minha alma limpa a sorrir ...


E se você não entendeu, não importa, nem eu =)
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

A espera



SHOPPING


Sai da faculdade cedo demais, estou com fome, esperando Deniere na parte de cima do shopping. Vejo casais almoçando e percebo como é solitário e idiota ficar escrevendo na praça de alimentação, me lembrei de varias pessoas agora, me afundo na terrível e imensa solidão. No rádio toca "As rosas não falam" em instrumental. E eu olho pra frente e tento ver  se consigo ter algum vestígio da minha querida Deniere, e nada. Eu sinto uma emoção por causa da proximidade do meu encontro. E assim continua o dia, homens sentam para tratar de negócios, casais almoçam, pessoas trabalham, coreanos trocam olhares comigo, enquanto espera a namorada. Uma menina loira come Yan Ping solitária, e em falar em solidão, continuo a olhar ostentosamente para o corredor, mas ela não demonstra nem a sombra de sua presença. A praça começa a ficar vazia e o cheiro da Subway enche o meu pulmão. Se passaram dez, quinze minutos e eu continuo aqui, ainda está muito cedo e estou com sono. Esqueci de tudo e dormi por alguns minutos, já se passaram trinta minutos. Levanto apressa e sai andando praça afora, e por alguns instantes descubro que estou com mais sono e mais impaciência. Então, olho para trás e vejo um reflexo do que poderia ser ela me procurando, e assim, depois de dois minutos eu estava acompanhada e sem nenhum vestígio de solidão ou  sono. Almoçamos e eu volto para casa com um belo sorriso no rosto e uma amiga no peito. 


2011

domingo, 22 de janeiro de 2012

Amanhã

As entradas do meu rosto. 
E os meus cabelos brancos.
Aparecem a cada ano.
No final do mês de Agosto.

Há vinte anos você nasceu.

Ainda guardo um retrato antigo.
Mas agora que você cresceu.
Não se parece nada comigo.
Esse seu ar de tristeza.
Alimenta a minha dor.
Tua pose de princesa.
De onde você tirou.


Amanhã, amanhã.
Amanhã, amanhã.


Amanhã é 23.
São 8 dias para o fim do mês.
Faz tanto tempo que eu não te vejo.
Queria o teu beijo outra vez.

O amor é poderoso,
é sensível e misterioso.
Seja vaidoso ou singelo
mas se verdadeiro,
é sempre belo;
O amor não tem fronteiras,
não se intimida,
e não vê barreiras;
O amor arrepia,
nos leva ao devaneio,
nos embriaga de alegria,
ou nos mata de desejo;
O amor não se resume,
não obedece nem pune,
o verdadeiro amor
somente une.

Novela mais que real


O amor é isso? 


Essa euforia, essa alegria, essa vontade de não sair de perto, aqueles beijos, a dança, os puxões, as lasanhas com coca-cola, os detalhes, os medos, os ciumes, a sua força, a minha leveza, a ilha, uma cantora sexy, uns seios bonitos, seu olho, seu cheiro, seu suor, seu beijo, seu toque, meu coação acelerado, um pedido inesperado, uma carta, a verdade, um encontro, dois encontros e uma vida.


----
Se eu soubesse que o seus olhos ficam castanhos claro naquele farol perto de minha casa, pediria pra você ir mais lá.
Se eu soubesse que iria precisar me sentir tão segura do seu lado, eu te procuraria mais cedo.
Se você soubesse o quanto te quero, não iria acreditar.
Se você soubesse o quanto eu sou eu quando estou com você, você iria me amar mais.
Se você soubesse o meu sutiã tá apertado agora, você falaria pra tirar.
Se eu pudesse, ouviria todos os dias a sua voz, o seu coração, a sua mão passando pelo meu corpo, a nossa felicidade, a minha liberdade com você.
Se você soubesse que eu penso em você desde quando acordo e até no meu sonho, você ficaria feliz.
Se você soubesse que eu nasci só pra te encontrar, você ficaria besta e riria.
Se eu contasse que o meu melhor amigo é o meu amor, porque o meu amor é você, você não iria acreditar.
Se eu soubesse que você iria pular em cima de mim (eu sabia e fiz de proposito), não teria ficado com aquele calor.
Se você soubesse que eu quero você pra sempre, você me acariciaria a cabeça.
Eu achava que era coisa de filme e novela, essa felicidade toda, essa euforia, essa saudade, essa vontade de tá junto, esse coração acelerado, essa sensação de não precisar ter medo, essa sensação que o mundo é nosso, que eu posso fazer o que eu quero do seu lado.

Vei, essa é pra você!
21/01/2012 - um dia de namoro, que foi pedido as alturas *-*

achoqueteamovei!

Titulo dado por meu namorado, Rodrigo Perez.

sábado, 21 de janeiro de 2012

Cinco e vinte da manhã

Eu estou com raiva, talvez ciume. Quando eu sinto isso começo a desistir das coisas, eu não quero desistir, mas  é do meu gênero. Eu vejo, leio, ouço coisas que fazem eu me afastar, e quando eu me afasto é definitivo, é objetivo, é exato. Eu posso até estar morrendo, mas continuo inteira por fora. Você mentiu pra mim, eu odeio mentira, mesmo sendo pequena. E fudeu. Cansei. Fudeu. 

O meu coração tem uma peça a menos

Alguma peça se soltou do meu coração
Antes de partir em mil pedaços
Alguma coisa se soltou
Mesmo porque depois de juntar tudo
Algo não se encaixa
Será que foi na montagem?
Ou foi culpa de minhã mãe?
Será que o meu pai tinha uma doença escondida?
O fato é que eu sofro de tempo em tempo uma pontada
Algo não se encaixa
Algo me escapa
Algo não consigo explicar
Mas afinal, o que escapou?
Juízo? Amor-próprio? A minha essência?
Será que foi roubado?
Será que alguém encontrou e jogou no lixo?
Será que foi dissolvido?
Será que um transplante resolve?
Resolve nada
Depois de algum tempo, algo vai se soltar

O meu coração tem uma peça a menos 


Manual de Sobrevivência para Suicidas - pag: 81


Em homenagem a uma noite escura de sábado.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Leãozinho, meu menino



Eu gosto muito de você leãozinho
caminhando sobre o sol
tua pele, tua luz, tua juba
gosto muito de você.

Gosto de beijar você leãozinho
você sem juba ou  me arranhando
gosto de tocar você leãozinho
na praia sobre o sol
isso me faz feliz leãozinho.

Gosto muito de você leãozinho
me abraçando e levantando
gostei de te conhecer meu menino.

Mas para eu desentristecer leãozinho
alguém colocou você no meu caminho
e agora meu coração tão só,
não está mais sozinho.

Quando eu olho pra você leãozinho
não consigo mais parar
você arrasta meu olhar como um imã
gosto muito de você meu bichinho. 
Conversar com você leãozinho
durante sete horas
foi mágico mas brutal depois, meu menino.

Eu passo protetor em você leãozinho
porque você doura a pele ao léu
gosto de te ver ao sol, leãozinho
de te ver entrar no mar
de estar perto de você
e te beijar.

Gosto muito de você, meu menino!


Ps: meus pensamentos sobre você RSPC :)

sábado, 7 de janeiro de 2012

Eu & eu mesma.

(Van Gogh - Noite estrelada)

                                                            eu sai de mim, eu vivi
                                           eu ri, quase choro de rir
                         eu sonhei, estava acordada e sonhei
              eu menti, menti pra mim mesma, eu menti
                    eu olhei, olhei pros seus olhos, eu olhei
                           eu tentei, tentei ser feliz, eu tentei
                              eu amei, amei seu olhar, eu amei
                        eu tremi, tremi de nervoso, eu tremi
                                     eu sai, eu sai de mim, eu sai
     eu fui, eu fui embora, mas não aguentei e voltei
                  eu voltei, e não me arrependo, eu voltei

Premeditação.

     
      Você sabia o efeito que aquele cabelo ia causar
      E não se importava.
      E o jeito que o seu vestido tinha-lhe aderido ao corpo
      Não a intimidava.
      O que os outros lhe diziam de jeito algum a incomodava.
  
      O jeito que seu olhar fumegava, em condensa brasa,
      me machucava.
      E o pior, o pior de tudo,
      É que tudo você premeditava.
  
      Lamurias não lhe chamavam atenção,
      Passavam-lhe ignoradas.
      E o jeito que o espelho reluzia seu corpo nu
      Me orgulhava.
      Não importava o tipo de sapato, a cor da bolsa que usava,
      Ela sempre se achava radiante, iluminada.
   
      O jeito que ela andava, gesticulava, falava cada palavra
      Me machucava.
      Mas o pior, o pior de tudo,
      É que tudo ela premeditava.


Texto de Pii de Oliveira em: algumaoutracoisa, pra quem tentou alguma coisa e não conseguiu. 

Ocorreu um erro neste gadget