terça-feira, 29 de junho de 2010

Cartas

Salvador, BA, Brasil, 29 de Julho de 2010.

Querido X,

 No meu restaurante eu espero você. Não é todo dia que recebo uma carta sua, mas obrigada por mandar noticias para mim. O melhor do meu restaurante é que a janela é de vidro e nela, eu sempre fico olhando para ver se você vai voltar.
Quando conheci você, estava muito abatido, não posso garantir exatamente o que foi que lhe deixou assim, mas tenho certeza que a torta de BlueBerry com Sorteve que lhe dei, ajudou muito o seu humor. Olhando para o montinho de cartas que você enviou, percebo que nunca esquecerei você. Se, pelo menos eu soubesse onde você está, eu iria até ai visitar, saber como está, e lhe dar um abraço bem apertado e bem cheio de saudade. Estou escrevendo essa carta pra você, mas não sei pra onde enviar. Então, o que posso dizer é que, sempre estarei no meu restaurante esperando você com uma torta de BlueBerry com Sorvete.

Com um grande carinho,
                     
                     Sua amiga Laís.






- Só escrevo aqui coisas que realmente acho interessante e que eu quero que aconteça.

FILME : UM BEIJO ROUBADO

Prazer Alegria

Eu já senti tudo isso.
Não sinto mais.
Não sinto nada.
Talvez uma dorzinha aqui, uma alegriazinha ali.
Nada mais.
Você pode sentir o que quizer.
Você pode sentir qualquer coisa.
Mas eu não.
Só sinto o que querem que eu sinta.
Programado.
Executado.
Eliminado.
Talvez seja um mecanisno na minha cabeça.
Talvez seja uma maquina.
Ou talvez seja meu cerebro querendo menos vida.
Prazer e alegria talvez seja meu remedio.
É, talvez seja.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Piano Bar - E. do Hawaii

Piano Bar - E. do Hawaii

O que você me pede eu não posso fazer
Assim você me perde, eu perco você
Como um barco perde o rumo
Como uma árvore no outono perde a cor.


O que você não pode, eu não vou te pedir.
O que você não quer, eu não quero insistir.
Então, diga a verdade, doa a quem doer.
Doe sangue e me dê seu telefone.


Todos os dias eu venho ao mesmo lugar,
Às vezes fica longe, impossível de encontrar
Mas, quando o Bourbon é bom
Toda noite é noite de luar.

No táxi que me trouxe até aqui Willie Nelson me dava razão,
As últimas do esporte, hora certa, crime e religião.
Na verdade 'nada' é uma palavra esperando tradução.

Toda vez que falta luz,
E cada vez que algo nos falta
O invisível nos salta aos olhos,
Um salto no escuro da piscina.


O fogo ilumina muito por muito pouco tempo
Em muito pouco tempo, o fogo apaga tudo.
Tudo um dia vira luz.
Toda vez que falta luz
O invisível nos salta aos olhos.


Ontem à noite, eu conheci uma guria
Já era tarde, era quase dia.
Era o princípio num precipício.
Era o meu corpo que caía.


Ontem à noite, a noite tava fria
Tudo queimava, mais nada aquecia.
Ela apareceu, parecia tão sozinha.
Parecia que era minha aquela solidão.


Eu conheci uma guria que eu já conhecia
de outros carnavais com outras fantasias
Ela apareceu, parecia tão sozinha.
Parecia que era minha aquela solidão.

Vi no amor à morte

Você está parada pensando na sua vida e por um momento, vem outra vida para você pensar. Não é algo simples como pensa, não é algo fácil, para muitos não é fácil. Para muitos é a morte. É você se perder para se encontrar em outra vida, outra pessoa. Você não é você, não é mais você, antes você se completava, agora o outro completa. Isso não é amor, isso é a morte. Isso não é normal. Amor não é normal.

Outra vida, sua morte, aquele amor. 

The Climb


http://www.youtube.com/watch?v=NG2zyeVRcbs

Eu quase posso ver
Esse sonho que estou sonhando.
Mas há uma voz dentro da minha cabeça dizendo que
eu nunca irei alcançá-lo.


Cada passo que estou dando
Cada movimento que eu faço
Parece perdido sem nenhuma direção
Minha fé está abalada
mas eu, eu tenho que continuar tentando.
Tenho que manter minha cabeça erguida.

Sempre haverá uma outra montanha
Eu sempre vou querer movê-la
Sempre vai ser uma batalha difícil
Às vezes eu vou ter que perder
Não é sobre o quão rápido chegarei lá
Não é sobre o que está me esperando do outro lado
É a subida.


As lutas que estou enfrentando
as oportunidades que estou tendo
às vezes podem me jogar no chão
mas não, eu não estou rompendo
Eu posso até não saber
mas este são os momentos que eu vou lembrar mais e
Só tenho que continuar
e eu, eu tenho que ser forte
Apenas continuar empurrando


Sempre haverá uma outra montanha
Eu sempre vou querer movê-la
Sempre vai ser uma batalha difícil
Às vezes eu vou ter que perder
Não é sobre o quão rápido chegarei lá
Não é sobre o que está me esperando do outro lado
É a subida

Medo do passado

Minha esperança, talvez, é que isso seja um sonho, que eu acorde e diga para mim mesma "tudo vai ficar bem".
Não. Eu não disse isso quando eu acordei, por que percebi que tudo era real, nada de filme, pesadelo ou pensamento.
Mas, eu sobreviverei? Talvez seja minha falta de sorte ou talvez seja a falta de inteligência, não, eu não sobreviverei, essa é a resposta. Triste? Não, mas confusa.
Os homens estão à espreita, querendo me ferrar. Eles não me pegaram, mesmo eu sendo tão medrosa. Vou me esconder onde ninguém me ache. Talvez no porão, debaixo da cama, nos quartos escuros da minha casa. Eles não vão me pegar. Não vão conseguir. Será que isso não vai acabar? Essa obsessão, essa perseguição. Mas tenho certeza que em casa estarei segura. Eles foram embora, foram embora..
Estão puxando meu pé, mas dessa vez eu não estou com medo, me sinto poderosa, me sinto segura e me solto das mãos fortes deles. Meus pés estão mais firmes no chão, minhas mãos estão mais seguras... Eu não estou com medo, não como tive a vida toda. Estou leve e confiante.
Descobri o que está acontecendo, estou no futuro, onde será muito melhor do que antes, do que todos os medos e toda aquela obsessão horrível.
No futuro não haverá nada, só eu e a minha vida.
E aqueles homens? Sempre vão estar aqui, mas uma coisa mudou, não tenho mais medo deles.
Nunca mais.

Encontros Impossíveis

Alguns encontros são simplesmente possíveis de acontecer. Talvez esse não.
Distância. Palavra de nove letras e com um significado bem grande.
Amizade.Palavra de sete letras e com significado bem grande.

Fora de casa eu vi a Lua, sozinha, rodeada de nuvens e me lembrei de minha irmã da casa de cima.
Lembrei que tenho de escrever isso e não sei como começar.
Colocar a música Piano Bar pra ouvir, foi uma boa ideia.
Eu sinto, por isso escrevo.
São só duas horas de espera, não é muito. Ou talvez é o que quero achar.
Obsessão!? Não, claro que não.
Uns falariam que não sabem nada sobre você, mas eu sei.
Odeia iogurte de ameixa, ama Evanescence e Pittty, você é meio timido, leu GO e é meu terapeuta.
Descobri tudo sozinha e em uma noite. Estou orgulhosa de mim. ^^
Eu sinto, por isso escrevo.

Sim, eu sinto falta.
Sentir coisas é fácil,
Só precisa sentir,
Não precisa achar nada.

Homenagem à Elivelton N.
Tô esperando você homem.

Eu esperei, esperei, esperei. E você não veio. =/

sábado, 26 de junho de 2010

EU

EU QUERO GRITAR NA RUA.
EU QUERO DIZER: VÁ SE FUDER!
EU QUERO DIZER: EU TE AMO!
EU QUERO CAIR NA CALÇADA E ACHAR GRAÇA.
EU QUERO TER FILHOS.
EU QUERO TER MINHA CASA.
EU QUERO UMA PAREDE GRAFITADA.
EU QUERO NÃO TER MEDO.
EU QUERO SER FELIZ.
EU QUERO ME AMAR.
EU QUERO VIVER.
EU QUERO TER CREDITO PRA LIGAR PRA VOCÊ.
EU QUERO MATAR AS SAUDADES.
EU QUERO MATAR VOCÊS.
EU QUERO VIVER.
EU QUERO ENTRAR NA FACULDADE.
EU QUERO ANDAR DESCALÇA.
EU QUERO GRITAR E MINHA MÃE NÃO BRIGAR.
EU QUERO BRIGAR.
EU QUERO MEUS AMIGOS MAIS PERTO DE MIM.
EU QUERO CONSEGUIR ODIAR ALGUÉM.
EU QUERO TER UM CARRO BRANCO E ROSA.
EU QUERO UM MARIDO BONITÃO.
EU QUERO SUA PROTEÇÃO.
EU QUERO CONTINUAR A SER CRIANÇA, MESMO SENDO GRANDE.
EU QUERO ME AMAR.
EU QUERO IR AO CINEMA COM MEUS VERDADEIROS AMIGOS.
EU QUERO FALAR MERDA E NÃO ME IMPORTAR.
EU QUERO NÃO TER MEDO.
EU QUERO QUE VOCÊ ME ODEI.
EU QUERO SENTIR ALEGRIA PARA SEMPRE.
EU QUERO LEMBRAR DO DIA NO PARQUE PARA SEMPRE.
EU QUERO MINHA FAMÍLIA UNIDA PARA SEMPRE.
EU QUERO CURTIR.
EU QUERO FICAR BÊBADA.
EU QUERO ESQUECER.
EU QUERO NUNCA TER MEDO.
EU QUERO SER CIDADÃ.
EU QUERO LEMBRAR.
EU QUERO ME AMAR.
EU QUERO QUE MEUS FILHOS OUÇAM LEGIÃO.
EU QUERO SER A GAROTA DOS SEUS SONHOS.
EU QUERO CONHECER O GAROTO DOS MEUS SONHOS.
EU QUERO CANTAR.
EU QUERO VOAAAAAAAR.
EU QUERO VIVER.
EU QUERO VIVER SONHANDO.
EU QUERO ACORDAR.
EU QUERO SONHAR SÓ QUANDO EU TIVER VONTADE.
EU QUERO UM PANDA.
EU QUERO TUDO QUE CONSEGUIR SEGURAR.
EU QUERO TUDO QUE CONSEGUIR CARREGAR.
EU QUERO TUDO QUE POSSO SUPORTAR.

EU QUERO ANTES DISSO TUDO, É VIVER.
EU QUERO E POSSO.
EU VOU!

Se / Talvez

Com um simples passo, uma simples partida, uma simples caminhada, tudo pode acabar.


              Se você acha que consegue,
Deve prossigir.
              Se acha que não,
Deve persistir.
                Se você se importa,
Que seja por algo bom.
               Se não importa,
Reflita pelo que é.
              Se você tem pelo que chorar,
É porque se importou.
              Se não quer correr,
Então ande.
              Se não quer andar,
Então pare.
               Se você quer conseguir,
Então nunca pare de correr.
               Se você for amar,
Que seja por quem te ame.
               Se alguém te amar,
Que seja seu amor.
              Se você duvida,
Comprove.
              Se alguém duvuda,
Prove.
            


             Se sua vida gira em torno do se,
Começe a viver no talvez.
     

 Talvez funcione.
             

O dia que não terminou..

Me sinto tão estranho aqui
Que mal posso me mexer irmao
No meio dessa confusao
Não consigo encontrar ninguem


Onde foi que voce se meteu entao?
To tentando te encontrar
To tentando entender
As coisas sao assim


Refrao:
Meus olhos grandes de medo revelam a solução
Meu coracao tem segredos que movem a solidão


Me sinto tao estranho aqui
Diferente de voce irmão
A sua forma de instrução
Nao pareco com ninguem, sei la

Pois eu sei que nos temos o mesmo destino entao
To tentando me encontrar
To tentando me entender
Por que ta tudo assim?


Refrao:
Meus olhos grandes de medo revelam a solução
Meu coracao tem segredos que movem a solidão

Quem de nos vai insistir irmao
Sem entregar, sem resistir entao
Ja nao ha mais pra onde ir
Sem entregar a solidao irmão

Refrao:

Meus olhos grandes de medo revelam a solução
Meu coracao tem segredos que movem a solidão

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Os óculos da vovó

A vovó é tão velhinha,
franzidinha como quê.
Passa os dias lá na rede,
entretida no crochê.


Às vezes fica zangada
com o barulho que faço.
Pega na chinela, eu me rio,
ela ri e lá vem um abraço.


Um dia virou a casa
Para os óculos achar.
Remexeu canto por canto,
E queria me culpar.


Bem que eu sabia de tudo,
Mas aquilo era uma festa,
Pois vovó tinha os óculos,
Presos no alto da testa.
 
 
Para minha vovózinha lindinha e fofinha,
Que mora no meu coraçãozinho.

Escala cromática maluca

Azul
  • Azul
  • Azul
  • Azul
  • Azul
  • Azul
  • Azul
  • Azul

Robôs

eu não sou um robô.
eu não tô com defeito.
eu não sou uma máquina.
eu sou muito humana.
eu só quero viver.

eu
sou
ASSIM.

eu
não
sou
ROBÔ.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

A melhor parte de mim

O meu vazio pode ser simplesmente preenchido.
Eu não tenho mais um buraco no peito.
Eu não sou sozinha no mundo.
Eu não tenho medo do escuro.

Só tenho medo de perder a melhor parte de mim.
Aquele que só poucos conhecem.
Não é uma qualidade, nem um traço genético.
A melhor parte de mim está em outra pessoa.

Não digo uma multidão,
Mas uma pessoa só,
Não digo um cara,
Mas a melhor parte de mim.

Livros.
Lugares.
Músicas.
Idiotices.
Sentimentos.
Tudo compartilhado.
Tudo simplesmente preenchido.

Meu melhor amigo.
A melhor parte de mim.

Bruno de Oliveira.
"Meu bife com batatas fritas"

domingo, 13 de junho de 2010

Histórias de meninos. III

Criador: Everton

Os melhores amigos


Era uma vez, dois amiguinhos, um chamado Matheus e o outro chamado Erik.
Eles saiam para todo lugar juntos. Iam jogar futebol e depois iam para casa juntos.
Mais tinha uma coisa que chateava Matheus, pois Erik ficava mais com os outros amigos do que com ele.
Então, a professora Joelma, mandou fazer um trabalho para ver quem era os melhores amigos dos alunos.
Então Erik disse: - Professora, eu tenho tantos amigos, não dá pra ver quem é o melhor...
A professora responde: - Mas Erik, Você vai ter que colocar o nome do seu melhor amigo no trabalho, pois vale dez pontos.
Erik continua: - Professora, está certo, vou colocar o nome do meu melhor amigo.
Quando a turma foi liberada, Matheus disse: - Erik, quem você vai colocar no seu trabalho?
Erik respondeu: - Não sei.
Matheus foi para casa e ficou pensando quem Erik iria colocar no trabalho. Se seria ele ou os outros amigos.
No dia seguinte, ele falou: - Erik, esse trabalho era para hoje, quem você colocou?
Erik disse: - Na hora do trabalho, você vai ver...
A professora chegou na sala e pediu para cada um ler o trabalho.
Escolheu primeiro João.
Ele respondeu dizendo que era Pedro.
Depois foi a vez de Pedro, e ele respondeu Erik.
Depois a professora pergunta a Matheus.
- Matheus, quem é o seu melhor amigo?
Matheus responde: - Erik professora.
Erik comemorou.
Instantes depois, a professora pergunta a Erik.
Erik respondeu: - João professora.
Matheus ficou arrasado. E pediu a professora para ir ao banheiro.
Quando chegou ao banheiro, chorou até seus olhos não terem mais lágrimas.
Minutos depois, a professora Joelma pediu a Erik para ir ao banheiro para chamar Matheus.
Erik encontrou Matheus chorando e perguntou o que era.
Matheus respondeu: - eu pensei que eu era o seu melhor amigo. Mas não sou.
Erik disse: - Mas você é o meu melhor amigo.
Matheus continua: - Mas você disse que era João.
Erik, por fim fala: Ele é um dos meus melhores amigos, mas você é o meu melhor amigo.
E então eles continuam indo para a escola juntos, jogar bola juntos e continuam sendo os melhores amigos.




FIM

Histórias de meninos. II

Criador: Gabriel

A história de um herói


Uma vez, um menino chamado Tiago morava em uma grande casa, mas um dia vieram três bruxas.
Elas seguravam um olho na mão cheio de gosma, falaram que ele precisava ir ao sub-mundo, pois o sub-mundo estava sendo atacado.
Então ele foi.
Ele entrou em um grande barco, então as bruxas falaram:
- A sua primeira prova é ir matar a Meduza.
As bruxas o levaram até lá.
Então ele falou: - Eu só tenho vinte anos para matar uma Meduza.Eu sou muito novo.
As bruxas falaram que isso não tinha sentido, pois era seu destino matar a Meduza. Pois foi Zeus que mandou.
Então, depois de uma longa navegada, ele chegou a casa da Meduza.
Quando ele entrou na casa da Meduza, se deparou com ela rindo da cara dele.
Ele, por sua vez, fechou os olhos, pois ela subiu na parede para atacá-lo.
Foi horas e horas lutando com ela.
Quando ele mostrou a espada que as bruxas deram, ela ficou apavorada.
Depois enfiou a espada no pescoço dela e ela morreu nas trevas.
Ele sai da casa da Meduza e vai matar o Kraken com o seu cavalo alado chamado Pegasus.
Ele vai ao encontro do Kraken, onde amostra a cabeça da Meduza e esse, por uma magia negra escondida na cabeça da Meduza morre.
E então, Hades volta para as trevas, pois seu Kraken morre.
E todo o vilarejo de Tiago fica em paz por toda a eternidade.




FIM

Histórias de meninos. I

Criador: Serginho

O terror da maldição


Uma vez vinha uma menina, o nome dela era Bia.
Um certo dia, ela entrou em uma caverna, ela não viu um buraco no chão e então caiu.
Ela estava morrendo de medo e também, ela não sabia, mas naquele momento, estava sendo amaldiçoada e toda a familia dela.
Todos iriam morrer de sofrimento e dor.
E dentro do buraco, estava na escuridão, o mal.
Então, o espirito das trevas que matou vinte milhões de pessoas falou:
- Se você contar para alguém que esteve aqui, todos os habitantes do planeta terra irão pagar. Mas, pensando bem, eu não irei deixar você viva. Vou jogar você no submundo das trevas.
A menina, aterrorizada, falou:
- Não me jogue, por favor! Eu serei sua escrava, mas não me mate, nem mate a minha familia.
Então, o espirito das trevas concordou.

A menina até hoje mora com o espirito e nunca mais viu sua familia.

FIM 





   

Pensamento louco

Um tanto comum para mim, mas isso não quer dizer nada a você. Na maioria das coisas que eu escrevo aqui tem algum sentido, mas a minha vida não tem sentido. ^^ Preciso escrever algo que eu entenda, ou melhor, me identifique.
Poderia escrever sobre minha familia, meus amigos, meus cabelos, até dos seus. Mas não. Eu não tô afim. Tava lendo GO de novo. Mas eu também não quero falar sobre isso. Queria ligar pra Bruno mais cedo, ainda quero na verdade, mais deixa pra lá. Queria ver Tia Gleide, Tio Guga, Tio Ari. Mas já passou. Queria que o celular de minha tia parasse de acender, é irritante demais. Queria lavar minha calça, mas nem dá. Queria que esse quarto não fosse tão confortavel quanto é. E que a cadeira fosse mais aconchegante. Queria que na minha casa tivesse um sofá. Queria que meu celular não tivesse descarregando. Queria ouvir uma música legal e  não precisar escolher. [Botei Caetano]
Tô gripada e tomando um xarope ruim.
Caetano me deixa triste. Pensativa.
Tô pensando agora em alguém que não quero escrever, não sei porque. Acho que Caetano não fosse tão maravilhosamente poeta, eu iria gostar dele mesmo assim...
Claro, tem músicas e músicas. Músicas que dá pra entender de cara e outras que são um tanto culturais.
Estou sentindo saudades. Você é quase imbativél, eu estou destruindo. Pedaço por pedaço. Fio por fio.
Mentira. Acho que superei essa coisa. hahahahahahahahhaahhahahahahahahahahha.

Caetano cantando Nirvana. Não. Não, não e não. Má ideia.

Lenine. Ufa! Muito bom. ^^
Cantando com gosto de remedio na boca... Diliçia.
Relógio analógico, não é a minha praia. Olho pra Go, Merda! ele tá me chamando..
Eu respondo: Caaaaaaaaaaaalma!!!

Uhuul Legião!!! Será? haha.

Acho que meu trabalho aqui acabou.
Ah sim, o espelho daqui é grande, de noite me dá medo.
De dia me dá alegria.
Ah é, vou dormir aqui, amanhã eu vou pra casa, pra escola.
Beijo.
até.

sábado, 12 de junho de 2010

Perder

Perder uma coisa. Um objeto. Um brinquedo.
Perder uma pessoa. Uma dor. Uma falta. Um buraco.

Perder um é como perder todos ao mesmo tempo,
Você não sabe onde vai parar,
Onde a dor vai te levar,
Nem pra onde você quer ir,
Talvez você "supere",
Talvez você "esqueça".
 Não, isso nunca irá acontecer...

Um dia de noite você vai chorar,
No seu quarto, no escuro, você vai se perder no choro,
Não um chorozinho,
Mais um choro que irão lhe perguntar o pq,
Mas você não quer responder,
Claro, essa pergunta não tem resposta.

Perder um amigo,
Pensar que perdeu um amigo,
Imaginar que perdeu um amigo,
O seu melhor amigo.
Não é a maior dor que você possa ter,
Mentira.

Não se mede dor, se sente...
Então, se você perder alguém
será a pior dor da sua vida.

PERDER É SE SENTIR SÓ.
PERDER É SIMPLESMENTE FICAR SÓ.
PERDER É SÓ UM VAZIO.
UM BURACO NO CORAÇÃO.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

A fila




Em dia de chuva e de sol,
Embaixo de pedra ou de nuvem,
Com fome ou comprando,
Gente grande e pequena,
Feia e bonita,
Gorda e magra,
Pessoas boas ou não
Elas fazem  a mesma coisa,
A mesma função,
Não tem comparação.


Na fila tem uma porção de gente.
Diversidade se encontra nessa linha,
Pessoas em fila indiana ou não.
Respeitando ou não.
Ruinas caindo sobre suas cabeças,
E tantas pessoas já se foram,
E ainda tem gente na fila.

Claro,
Existe fila de banco,
Fila de cadeira,
Fila de corrida,
Fila de espera,
Existe até uma raça chamada Fila,
Existe uma marca chamada Fila,
mas não existe nada igual a essa fila.

Elas esperam...
Elas não querem...
Mas elas vão!

terça-feira, 8 de junho de 2010

Irreverência pura!

Você é original e rejeita tudo aquilo que é comum. Por uma espécie de instinto natural, você sempre encontra uma maneira de exprimir sua personalidade. Gosta das baladas que ninguém ainda conhece, escolhe roupas que te dão um visual único, prefere amigos um pouco excêntricos. Sua vida é uma aventura e você é admirada por ser assim. Aproveite esse potencial para se dedicar a criar coisas legais. Ser irreverente é um talento, faça proveito!

sábado, 5 de junho de 2010

"Você pode ter todo o dinheiro do mundo, mas, há algo que você jamais poderá comprar: um dinossauro." (Homer Simpson)

O irmãozinho drogado I

O irmãozinho drogado II

O irmãozinho grogado IIII


(Homenagem a meu mano, M. Leonardo)

...

COLORIDO

Cada palavra é uma cor.

Doença

Parece droga,
mas não é.
Parece fumo,
mas não é.
Parece loucura,
mas não é.
Parece cachaça,
mas não é.

(Deixa doidão)

Mas...
É Doença.
Gripe
Tosse
Febre mesmo.

Kings of Leon

Use somebody

I've been roaming around,
I was looking down at all I see
Painted faces fill the places I can't reach
You know that I could use somebody
You know that I could use somebody

Someone like you and all you know and how you speak
Countless lovers under cover of the street
You know that I could use somebody
You know that I could use somebody
Someone like you


Off in the night while you live it up I'm off to sleep
Waging wars to shake the poet and the beat
I hope it's gonna make you notice
I hope it's gonna make you notice

Someone like me,
Someone like me
Someone like me,
Somebody

 
I'm ready now, I'm ready now
I'm ready now, I'm ready now
I'm ready now, I'm ready now
I'm ready now

Someone like you, somebody
Someone like you, somebody
Someone like you, somebody

I've been roaming around,
I was looking down at all I see


sexta-feira, 4 de junho de 2010

Deriene

Eu tive um prazer de conhecer,
Talvez a pessoa
Mais importante da minha vida
Quando na juventude.

Não é sempre que a encontro,
Nem é sempre que conversamos,
Mas ela sempre está presente.

Ela salva meus depoimentos no PC.
Ela gosta de Russo, Kurt e de Cazuza,
E também de Eller e Lispector.

Ela vai da água até o vinho,
Da beleza até a besteira,
Da loucura para a clareza.

Ela não pode se descrever,
Nem eu consigo descrevê-la
Ela é indescritivél.


Ela não está no céu,
Ela não está na terra,
(são pequenos demais para ela)
Está aqui - ♥

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Laís Livre das Ilusões

Dizem que é linda,
Às vezes acham louca,
Talvez te digam que é leal.
Gosta de lilás
e também de lima.

Nunca foi a um lago.
Ela desliga a TV e vai ler livros.
Se deixar,
Ela cai na gandaia.
Animais?
Panda e libélula.
Amar Legião Urbana é fácil para ela.
Bom, ela não gosta de luxo,
ela quer é lixo.

Laís vai fazer faculdade,
Não de letras, de turismo.
Ela quer ir longe.
Ela quer ser feliz com certeza.
Quer ser livre como um leão.
Fazer loucuras é seu sonho,
Ganhar na Loteria e ir à Lua.

Laís tem um sonho.
Laís vai muito longe.

Dia

Um dia feliz,
Com passaros cantando,
Arvores florindo,
Animais caçando...
E os humanos?
Os humanos amando.
Ou matando...

Talvez um perdão.

Talvez diga que não devo fazer,
Talvez peça para eu não fazer,
Talvez implore,
Talvez de joelhos,
Talvez em pé mesmo.

Talvez seu joelho doa,
Talvez seu pé sangre,
Talvez você chore,
Talvez você demore.

Talvez eu aceite,
Talvez me deleite,
Talvez te perdoe,
Talvez te rejeite.

Talvez eu te ame,
Talvez eu te salve,
Talvez te perdoe,
Talvez eu me mate.

Quinze anos

Já tenho quinze anos e é o fim,
Jamais rapaz algum gostou de mim,
Já mandei fazer promessas,
E mamãe acha que é normal
Dizem que beijar é bom,
Mas eu não sei,
Pois jamais um beijo eu ganhei
Já mandei fazer promessa,
Por anuncio no jornal
Toco piano, arco deão e bateria,
Mudo o vestido todo o dia,
Mas não adita, pra titia eu vou ficar.
Assim vai mal e mamãe acha que é normal,
Assim vai mal e mamãe acha que é normal.



Erasmo Carlos
Ocorreu um erro neste gadget