segunda-feira, 24 de outubro de 2011

algumas horas...

eu tive um sofá na minha casa, 
um tapete na minha casa, 
uns travesseiros na minha casa 
por algumas horas.

ela disse que não gostou do sofá,
do tapete vermelho de veludo,
os travesseiros cor caramelo,
mas só por algumas horas.

ele vai chegar e verá o sofá,
o tapete, os travesseiros,
ele sim vai gostar,
só ele importa.

domingo, 23 de outubro de 2011

ou não.

e sim, não tenho medo com você
 e era preu ter mas não tenho
e era preu não querer mas quero  
e não era preu voltar mas eu volto
 e talvez doa ou não
e talvez eu chore ou não
e talvez você me esqueça ou não
e contudo, o que eu posso vai fazer? 
e não será como antes, tenha certeza
e você terá trabalho ou não
e talvez é isso que eu queira
e talvez é só você que quer
e mas no fim, vai ter saudade.

ou não .

e sim, é pra vcs!

o nosso fim ...


e só no final você entende como é.
nos instantes finais,
nos letreiros finais.
você entende que ninguém é seu,
nem o seu sorriso lhe pertence,
a sua voz mais branda não é só sua,
e a lagrima que rola no seu rosto não existe mais,
nem a saudade, nem o desespero.
e no final você entende que o que importa é
 com quem você se importa 
e quem se importa com você.
e no fim lhe deixo árvores em vez de flores,
e cartas em vez de frases.
e esse é o final de um novo começo 
ou só apenas um simples final.
então eu te pergunto, 
acabou, é assim ?




sexta-feira, 21 de outubro de 2011

T com um Tédio :)



Não tenho nenhum dom. Acho que só gosto de amar as coisas demais. Está chovendo desde terça, tô ficando resfriada. Briguei com várias pessoas nesse mês, e não me arrependo. Estou ouvindo MPB na radio da sky. Acabei de comer biscoito Maria. Fui para faculdade hoje, resolvi coisas hoje. Estou com sede, água please! Sinto falta de pessoas que passaram na minha vida, adoro quando elas retornam. Preciso terminar meu seminário. Não lembro se eu disse que tô com frio, mas estou. Preciso muito dormir. Preciso muito estudar. Adoro música lenta na chuva. Acabei de descobrir que o Detran acabou as inscrições de curso gratuito da carteira de motorista [minha mãe vai me matar]. Estou sozinha aqui em casa. PAZ? talvez não. Odeio as pessoas que vivem suas vidas pra uma só pessoa. Idiotas. ♥ Me sinto mais gorda, sensação boa. Meu coração está bem, saudável, normal e feliz. Miinha alma está limpa, branca, sem mágoas.
"Faça-me sentir no seu abraço.. A necessária paz...." 
Eu e minha mãe estamos viciadas em Bones [série americana], minha mãe tá aprendendo a mexer no computador *-*, tá fazendo faculdade e as porras. Pi casou e está ficando sensível demais com tudo. Leo tá o mesmo, adoro isso, o cabelo de Hanny tá crescendo de novo. Sono. Messenger. Beijo. Até.


  

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Believe me, all is brilliant ...


Abra os olhos
Se você um dia você me ver de novo

Diga adeus
Eu vou estar na minha casa com um olhar louco
Isso é de agora? 
Não, mas me procure aqui, seu idiota
Já cai no seu campo minado, sei onde as minas estão
Não caiu de novo, estupido

Eu suplico
Volte para o mundo e me deixe em paz
Esse seu álibi está me deixando louca de novo
Não me pegue assim, vá embora!

E agora ?
Eu suplico de novo
Volte para onde você veio e me deixe em paz
Ouça exatamente o que eu estou falando
Eu não quero, não agora e nunca
Acredite se quiser
Estou livre

Liberdade de você é algo brilhante
Liberdade de tudo é brilhante
Liberdade, só a liberdade 
E não me pergunte nada, certo?
Não mude de ideia, não volte a ser como era..
As pessoas como você não tem escolhas
Eu tenho com a minha linda liberdade.

Acredite em mim, tudo é brilhante!





domingo, 9 de outubro de 2011

Eu !?


Eu adoro meu nome: Laís CRISTINE! Amo as pessoas do meu lado, minhas parceiras de crime, as parceiras de coração e as de vida. Descrever família é difícil pra mim. Música move minha alma, amigos movem meu coração. Adoro cabelo, pandas, cores, vida. Fazendo faculdade e amizades. Já pintei o cabelo e cansei dele. Canso de cores, de frases e até de gente. Não tenho e nunca vou ter paciência. Não tolero qualquer tipo de exploração, nem crime. Costumo ser maluca, idiota, besta e as vezes sem noção, mas isso faz você gostar ainda mais de mim, acredite ^^. Eu sou egoísta nem mal-educada e não suporto briga mas machuque os meus amigos que eu te (m)bato! Eu sou extremamente romântica e ciumenta, mas isso é segredo tá? Eu sou simples e muuito complicada. Meus números da sorte são: 23, 30 e 7. Meu filme preferido é Orgulho e preconceito. Minha cor preferida é verde. Eu quero dinheiro (emprego), e eu tenho RG, CPF e PIS. Adoro xingar, mas nunca xingo perto de minha família. As vezes eu me sinto feia, as vezes eu me sinto a coisa mais gostosa do mundo. Eu odeio chorar, é raro acontecer. Eu adoro falar e rir. =D  


Eu sou uma pessoa feliz e sorridente, isso ninguém tira de mim! 


=*


Nada de choro, nem vela, nem desapego, nem desilusão, nada mais dessas coisas.
Aprendo a sorrir todos os dias, e é só!





Pontos de vista

Devia chorar, sinto que quero despejar um véu de lágrimas, mas nunca faço. Não gosto de chorar por pessoas e por mais que você me sinta menos humana, eu não me importo. Me sinto egoísta de falar tudo eu, mas quem está indignada sou eu. Sinto again que quero chorar, e o querer vem forte, ainda acompanhado de Dani Black - ( Não Sei Dançar ♪ ) - conseguirei sobreviver a isso? Essa falta que eu sinto do mundo e de todo mundo. 

Apesar de tudo, eu ainda sei sorrir, certas coisas nós nunca esquecemos e nunca devemos esquecer...
Desaprendi a chorar, mas sempre aprendo a sorrir. =)



Ocorreu um erro neste gadget