quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Você em mim

-


Agarrar. Me agarre, me tire do chão com seus braços fortes. Me tire o ar com beijos molhados e sedutores, não tente me atropelar, não tente me contorcer, só dance comigo. Dançar. Dance comigo, tire meu ar, meu chão, meu controle, tire a gravidade, me conceda o prazer de poder sonhar, vibrar, delirar. Permitir. Permita a intimidade de pernas, pelos, cabelos, suor. Permita a imprudência de tapas, beijos, mordidas. Testar. Teste o meu equilíbrio, nossa sincronia, nosso desejo, nossa liberdade. Você é minha droga, minha cocaína, você sabe como e por onde me fazer enlouquecer, me tire do chão, me faça subir nas nuvens ou pelas paredes. Sentir. Sinto que posso confiar em você. Então me entrego, deixo sua curiosidade aflorar e deixo você me explorar, me observar, me encantar, me dominar. DominarDomine meu corpo como se fosse teu, me faça dançar a tua melodia, a sua canção, quero te acompanhar. Me domine em casa, no quarto, na sala, na cozida, na mesa, na cadeira, na banheira, no chão, no banheiro, no carro. Gozar. Faça-me gozar, faça-me tua com prazer e tesão, derreta-me, seduza-me, faça-me tremer, fala-me gritar seu nome, faça-me te arranhar de prazer. Observar. Observe-me tremer de prazer, observe-me gozar, observe-me flutuar, observe me abrir pra você entrar, observe-me arquear em seus braços, observe meus suspiros e sussurros. Consumir. Consuma-me. Puxe meus cabelos negros, puxe meu corpo inteiro. Amar. Me ame como nunca amou alguém, me beije, me abrace, me acolha em teus braços, me balance, me observe e me ame. Me ame com beijos, abraços, olhares, toques, sentidos, carinhos, suspiros e sussurros. Me ame, pois sou sua. 

Sua... 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget