sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Pivete da Favela

A primeira não dava conta. Cheirava, bebia, fumava. Mas amava o seu filho, dizia ela. Faria tudo por ele, roubava, matava, estrupava.
A segunda era moça direita. Morreu na favela.
A terceira dessistiu.
A quarta se matou.
A quinta cuidou dele. Protegeu ele.  Ficou com ele. Não era a mãe dele. Ela era uma moça branca, loira e rica que cuidava dos meninos.
E a quinta apresentou ele a primeira.
E ele matou a primeira.
De desgosto.
Ladrão. Vagabundo. Cheirador. Traficante. Morreu assaltando um ônibus. Morreu olhando o Cristo Redentor.

Obs: A quinta chorou a morte dele.





Um comentário:

  1. putsgrila! eu vi o filme

    E cara, seu blog ficou massa assim!
    Vê se não muda bixa!

    Love vc!

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget