segunda-feira, 12 de julho de 2010

Preciso

Preciso de vida
Preciso de algo para que eu possa viver

Eu cansei
Vou errar sempre
Eu vou sempre cansar
E sempre me deitar na areia da praia
Esperando
Mas ninguém vai chegar

Ódio
Raiva
Rancor
Dor
Medo
Amor

Ele cansou
Meu coração
Pisaram nele
Massacraram ele
Ele morreu
Num canto
Sozinho


E você rindo
Rindo da minha dor
Do meu amor
Da minha solidão
Da minha morte
Rindo de mim

Precisava de você
Hoje preciso de outra coisa
Menos perigosa
Menos malvada

Preciso de algo que seja menos você

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget