sexta-feira, 23 de julho de 2010

O sempre tem um final.

Não é sempre que vou procurar você.
Não é sempre escrevo desse lado.
Não é sempre que pinto as unhas.
Não é para sempre que essa flor vai viver.
Não é sempre que arranjo um namorado.
Não é sempre vou a aniversários.
Não é sempre que converso com vocês.
Não é sempre que me importo com você.
Não é sempre que ligo para matar a saudade.
Não é sempre que eu venço as batalhas.
Não é sempre que corro atrás de você.
Não é sempre que vou ser sua amiga.
Não é sempre que vou fazer coisas certas.
Não é sempre que perco meu tempo lidando com pessoas idiotas.
Não é sempre que falo a verdade.
Não é sempre que eu estudo.
Não é sempre que tenho sorte.
Não é sempre que faço charminho.
Não é sempre que você vem me ver.
Não é sempre que se importam comigo.
Não é sempre que você me dá atenção.
Nunca vai ser para sempre o tempo de uma flor durar.
Não é para sempre vou suportar você.
Não é sempre que vai existir o meu amor.
Por mais que eu tente acreditar no para sempre,
Sempre vem algo pra me dizer que vai acabar.
O verde representa a minha esperança,
o que já está acabando também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget