domingo, 10 de abril de 2011

Sua força

Não tem graça,
Você é tão articulado,
É tão certo quanto o calor do fogo.

E o poder de dominar é tentador,
Você gosta e sente até prazer,
Você é tão acostumado a sempre ter razão,
Onde quer que eu vá, o que quer que eu faça,
 Não consigo dizer se é bom ou mau.

Veja os outros, todos estão tentando
Você nunca se arrepende,
E eu continuo porque a chuva não cai só sobre mim,
E já não sinto nada sou todo torpor,
E eu tento entender,
Eu já não tenho escolha,
E se você me perguntar eu digo sim.

Você sempre surpreende
Assim como ar me parece vital
Sem você não tem graça.
Eu já não tenho escolha,
Participo do seu jogo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget