segunda-feira, 27 de junho de 2011

Um pedido oculto no sentido abstrato

Me lance tuas verdades
Me drogue com o seu veneno
Chute, Agarre, Lemba
Me estrupe com suas verdades
Só não fira meu ego

As suas verdades não são minhas
Meus caminhos não são seus

Te entrego a verdade do meu coração
Toda a pureza e a maldição dele
E a praga que já lançaram sobre mim será sua
Chuto, Agarro, Lembo
Te estrupo com minhas verdades
E firo seu ego por dentro





Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget